Home / Colheitas e Análises
Colheitas a efectuar na sede do Laboratório:
  • Antigénio da Chlamydia
  • Crioglobulinas
  • Espermograma
  • Exsudado Uretral (se possível)
  • Micoplasmas genitais
  • Teste de Paternidade
  • Análises de Biologia Molecular / Genética

Análises Clínicas com Procedimentos Especiais

Para uma colheita adequada da urina de 24 horas deverá:

  • Esvaziar a bexiga pela manhã, ao levantar e desprezar essa urina.
  • Marcar rigorosamente a hora. (Exemplo: 8 horas).
  • A partir daí, recolher toda a urina emitida durante o dia e a noite até ao dia seguinte à mesma hora (urinar a última vez às 8 horas).
  • Guardar toda a urina de cada micção em contentores próprios sem perder qualquer porção de urina.
  • Durante a recolha conservar a urina no frigorífico.
  • Terminada a colheita, levar ao laboratório toda a urina recolhida nas 24 horas.

Para o exame “Clearance da Creatinina” deverá comparecer no laboratório em jejum a fim de ser colhido sangue para o doseamento de creatinina.

Dieta: Não comer nas 48 horas que antecedem a colheita e durante a recolha da mesma o seguinte:

  • Vegetais
  • Nozes
  • Banana

Contactar o Laboratório para recolha do contentor com o aditivo próprio e do folheto informativo.

Manter ao abrigo da luz toda a urina de 24 horas recolhida até à entrega no Laboratório.

Dieta: Não comer nem beber nas 48 horas que antecedem a colheita e durante a recolha da mesma o seguinte:

  • Chá
  • Café
  • Chocolate
  • Baunilha
  • Frutos (laranja, tangerina, limão, banana)
  • Tomate
  • Nozes

Contactar o Laboratório para recolha do contentor com o aditivo próprio e do folheto informativo.

Manter ao abrigo da luz toda a urina de 24 horas recolhida até à entrega no Laboratório.

Dieta: Não comer nas 48 horas que antecedem a colheita e no dia da recolha o seguinte:

  • Bananas
  • Ananás
  • Nozes
  • Chá e café

Metanefrinas ou catecolaminas na urina:
Contactar o Laboratório para recolha do contentor com o aditivo próprio e do folheto informativo.

Manter ao abrigo da luz toda a urina de 24 horas recolhida até à entrega no Laboratório.

Dieta: Deve iniciar-se 24 horas antes da recolha da urina e manter-se durante a colheita, durando a dieta portanto 48 horas.

Não deve comer:

  • Carne e seus derivados.
  • Peixe e seus derivados.
  • Aves (frango, galinha, peru, etc.).
  • Sopa ou caldo concentrado de carne ou peixe.
  • Gelatinas, pudins, gelados ou doces gelatinosos.

Substituir por:

  • Queijos.
  • Ovos.
  • Produtos lácteos (leite, iogurte, manteiga).
  • Feijões e ervilhas.
  • Sopa de legumes.

Contactar o Laboratório para recolha do contentor com o aditivo próprio e do folheto informativo.

Manter ao abrigo da luz toda a urina de 24 horas recolhida até à entrega no Laboratório.

Pode ser pedida a determinação de:

  • Porfirinas no sangue, na urina ou nas fezes.
  • Uroporfirina ou Coproporfirina na urina ou nas fezes.
  • Porfobilinogénio na urina ou nas fezes.
  • Protoporfirina no sangue total.

Urina: recolher a urina de 24 horas que deve ser guardada no frigorífico (durante a recolha) e protegida da luz com um saco preto ou papel de alumínio.

Porfobilinogênio: recolher a urina de 24 horas em contentor próprio com aditivo fornecido pelo laboratório.

Fezes: recolher as fezes em contentor estéril fornecido pelo laboratório.

É necessária apenas uma quantidade de fezes do tamanho de uma ameixa.

A amostra deve ser protegida da luz e guardada no frigorífico.

Dieta: Nos três dias antes da colheita terá que efectuar uma dieta adequada, comendo cozidos e grelhados (sem condimentos).

Não pode comer:

  • Legumes verdes em geral.
  • Queijo ou alimentos confeccionados com este produto.
  • Frutos: abacate, banana, ameixa, ananás, tomate, kiwi, laranja, limão e tangerina.
  • Nozes, avelãs, pinhões, coco, amêndoas, frutos secos e frutos tropicais.
  • Café, chá, chocolate e alimentos com baunilha (gelados, bolachas, etc).

Salvo indicação médica em contrário, é feita a colheita de um dia de fezes.

Nos três dias que antecedem a recolha, o doente deve fazer uma alimentação o mais variada possível:

  • Carne ou seus derivados.
  • Peixe.
  • Aves (frango, galinha, peru, etc.).
  • Ovos.
  • Batatas.
  • Produtos lácteos (leite, iogurte e manteiga).
  • Legumes.
  • Doce.
  • É importante que o espermograma seja colhido em boas condições de higiene pessoal.
  • Antes da colheita deverá tomar duche, lavando o pénis com água e sabão e depois em água corrente.
  • Faça um período de abstinência sexual de três dias no mínimo e de cinco no máximo.
  • Deverá urinar antes de fazer a colheita.
  • Colher o esperma por masturbação manual e ejacular dentro do frasco fornecido pelo laboratório.
  • A colheita deverá ser efectuada no Laboratório, pois o primeiro exame a ser realizado não poderá exceder os 30 minutos.
  • Este exame deverá sempre ser sujeito a uma marcação prévia.
  • Colheita a efectuar no Laboratório ou nos Postos de Colheitas, se possível a partir da primeira urina da manhã ou após 3 a 4 horas sem urinar.

Colheita:

  • Preferir a primeira expectoração matinal e de preferência em jejum.
  • Fazer a higiene da boca com água e se possuir prótese dentária deve retirá-la. Não utilizar dentifrício.
  • São usados contentores estéreis a fornecer pelo Laboratório, para os quais o utente deve recolher a maior quantidade possível de secreções broncopulmonares.
  • Deve tossir após inspirações profundas e evitar colher saliva ou secreções nasais posteriores.
  • Após a colheita os contentores devem ser bem tapados.
  • Quando as amostras não podem ser de imediato enviadas ao Laboratório têm que ser refrigeradas.
  • Exame Bacteriológico:

Não usar laxantes para colher as fezes. Urinar antes da evacuação para não contaminar as fezes com urina. Colher as fezes do dia, manter à temperatura ambiente e levar imediatamente para o laboratório.

Não colocar no frigorífico.

O frasco para a colheita é fornecido pelo laboratório. A quantidade de amostra deve ser do tamanho de uma noz.

  • Exame Parasitológico:

Não usar laxantes para colher as fezes. Urinar antes da evacuação para não contaminar as fezes com urina. Colher um pouco de fezes (do tamanho de uma ameixa) durante um ou três dias, de preferência alternados, de acordo com a prescrição médica. Colocar as fezes no frasco fornecido pelo laboratório.

Podem ser guardadas no frigorífico mas de preferência entregues no próprio dia.

  • Exame Micológico:

A recolha é idêntica à descrita para o Exame Bacteriológico.

É imprescindível para a realização deste exame respeitar as seguintes condições:

  • No dia do exame, é necessário vir em jejum (8 a 12 horas), entre as 8 e as 9 horas da manhã e manter-se em repouso absoluto sem comer nem beber chá ou café e sem fumar, durante todo o tempo que demorar a prova solicitada pelo médico.
  • É necessário uma determinação recente da glicose no sangue; só em face dela será possível efetuar a marcação da prova. Se não tiver deverá efetuar uma determinação prévia, dependendo a marcação, do seu resultado.
  • De acordo com a Organização Mundial de Saúde, não se deve efetuar qualquer preparação com sobrecarga de hidratos de carbono (chocolates, doces em geral, etc) nos dias que antecedem a realização da prova.

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar em aceitar o uso de cookies de acordo com nossa política de cookies.

Configurações de Privacidade

Quando visita qualquer sítio, pode guardar ou recuperar informação no seu navegador, maioritariamente na forma de cookies. Controle as suas configurações de cookies deste sítio aqui.


Para a normal utilização deste sítio, é essencial que aceite a Política de Privacidade


Decline all Services
Accept all Services